O dia que quase fiquei com ficha suja na polícia


Quando eu digo que tudo só acontece comigo, ninguém acredita. Ou acreditam, sei lá. Hoje, por exemplo, é um bom dia pra acreditar, porque agora sou procurado em 26 Estados e no Distriro Federal (coitado, por que todo mundo fala dele à parte?) por assalto a mão armada. Tá, é mentira, mas quase que fico com a ficha suja na polícia por um maldito relógio.

Hoje, como todos os dias dessa minha vida de camelo, peguei ônibus para voltar do trabalho. E todos sabem como são os ônibus às 18h em São Paulo. São lotados,  com a maior diversidade de pessoas em um só lugar e, consequentemente, a maior mistura de odores do planeta. Sério, se eu pudesse definir, diria que é inaguentável (se essa palavra que não existe entrar no dicionário, claro).

Entrei no busão já sendo esmagado por aquele bando de pessoas que não conseguem esperar pelo próximo que está por vir e tentei me arrumar em um canto qualquer. Eu suporto de tudo, menos ser encoxado. Puta, se tem algo que eu fico puto é quando algum viado quer passar por trás de mim de qualquer jeito, mesmo não tendo como.  Mas tudo bem, deveria ter só umas 78 pessoas de pé ali naquele momento, tava tranquilo.

Fiquei quase encostado em um cara que tava sentado e me esquivando ao máximo para não tocar nele. Ah, outra coisa que me deixa puto é quando estou sentado (ou seja… NUNCA) e alguém fica roçando suas partes baixas em qualquer parte do meu corpo. Sinceramente? Eu torço para que o pinto do cara caia naquele exato momento. Mas essa é a vida de cão de quem ainda não trabalhou o suficiente pra poder andar de carro blindado dirigido por motoristas particulares.

Bom, o cara que estava sentado, logo que cheguei, já me lançou olhares meio maliciosos. Eu entendi que era um olhar malicioso, porque várias gatas olham pra mim com aquele olhar. Tá, ninguém olha pra mim e o cara era gay. Tinha bem o estereótipo daqueles caras… gays. Roupa, cabelo, estilo… enfim, eu não tinha como sequer por o pé pro lado ou pisotearia a cabeça de uma criança. Além de todo aquele sufoco de ônibus cheio, eu tinha que aguentar mais esse puto me secando. “Tudo bem, Bruno. Você é tranquilo, tá tranquilo e isso é passageiro (sem trocadilhos, por favor)”, pensei eu.

Depois de 20 minutos naquele gingado do ônibus, percebi que ele não estava olhando pras minhas formas torneadas ou pro meu sorriso estonteante. Ele olhava somente pro meu relógio, um Bvlgari falsificado da 25 de março. Achei bem estranho, mas fazer o quê? Vai ver ele tem fixação por relógios, sei lá.

Mais uns minutos andando e um pessoal que tava na frente tava querendo descer e isso gerou um empurra-empurra. Isso é outra coisa que eu não entendo. Se alguém vai descer, por que, em um ônibus lotado, fica lá na frente até chegar o seu ponto? Por que não vai pro fundo, merda? Terceira coisa que me deixa puto em um ônibus. Finalmente, depois dessa pequena confusão, consegui voltar pra minha posição original e ficar perto do rapaz alegre.

Quando levantei a mão para segurar novamente, vi que o cara acompanhou todo meu movimento. Pior: notei que meu relógio não estava mais no meu pulso e que ele estava guardando alguma coisa na mala. Nossa, pensei “Puta merda, essa viado roubou meu relógio”. Mas aí repensei “Pô, mas que crédito se dá a um ladrão gay? Nenhum, né”. Dane-se. Aquele cara me roubou e eu ia pegar o relógio de volta a qualquer custo. Não paguei 25 reais à toa, hehehe.

Bolei um plano mental ótimo na minha cabeça pra conseguir o relógio em poucos segundos. Aquele cara ia ver o que é bom pra tosse (xarope? não! rs, piada sem graça). Fiquei ali esperando o povão descer em um ponto onde quase todos descem. Se ele descesse, daria uma de maníaco e iria atrás dele até onde ele fosse. Até na Parada Gay, eu iria, rs.. NÃO. Se ele ficasse, torceria absurdos pra pessoa do lado dele se levantar. E foi isso que aconteceu. Nem liguei que tinha uma velhinha com seus 105 anos de pé e sentei do lado do malandro. Pô, meu relógio era de marca e eu estava diante de um assaltante perigoso e diferenciado. Precisava salvar o dia.

Logo que sentei, dei uma olhada geral pelo ônibus e vi que ninguém estava olhando. Hora de agir, então. Saquei meu guarda-chuva da mala cuidadosamente. Coloquei na barriga dele, cheguei bem perto do ouvido dele e falei “Passa o relógio ou eu te mato aqui mesmo”. Ninguém desconfiou, porque do jeito que aquele cara me olhava, o pessoal jurava que um casal gay estava nascendo em um encontro no busão. Ó, que coisa maravilhosa.

Ele nem titubeou e colocou o relógio dentro da minha mala. Fechei minha mala e desci no ponto seguinte, achando que tinha feito o maior roubo de um roubo de uma coisa minha da história. Já tava até me vendo no Arquivo Confidencial do Faustão. Mas, quando abri a mala, não tinha nem um relógio Bvlgari lá. Tinha um Rolex só. Pensei “Puta que pariu. Esse cara deve roubar tantos relógios das pessoas e colocou qualquer um na minha mala.”

Quando olhei pra frente, vi o cara dando xilique e vindo em minha direção com um policial ao lado, gritando: “É ele, é ele, é ele. Pega ladrão! Pega ladrão!”. Ele tinha descido no ponto depois do meu e, por sorte (dele… e minha também), havia um carro da polícia passando pelo local.

Porra, eu não tava entendendo mais merda nenhuma naquela altura. O cara me assaltou e chamou a polícia por eu ter roubado meu próprio relógio dele? Que caraio! Juro, tava perdidaço. O policial saiu do carro, mandou que eu não me mexesse e pediu que eu o acompanhasse até a delegacia para prestar alguns esclarecimentos. Ótimo, pensei eu. Assim, poderei desmascarar o farsante, porque EU ia ser preso por assalto a mão armada e não ele.

Chegando na delegacia, quanta confusão. Dei meu depoimento dizendo que ele tinha roubado meu relógio e ele dizendo que eu havia roubado o dele. E, para os dois, foi isso que aconteceu mesmo. Foi quando os policiais nos colocaram frente a frente para debater. Perguntei porque ele olhava tanto pro relógio e ele disse que nunca tinha visto um tão solto em um pulso. Óbvio que ia deduzir que ele roubou, mas enquanto eu gesticulava para explicar que poderia ter sido outro pessoa então, senti algo descer do braço pra perto do cotovelo. Quando levantei a manga, vi meu relógio bonitinho e intacto. Puta meeeeeeeeeeeeerda… não me contive e caí na gargalhada na frente de todos. Eles, com cara de “VOCÊ VAI SER PRESO, FDP, EXPLIQUE-SE DIREITO”, ficaram me encarando.

Soluçando de tanto rir, disse que tinha sido um engano. E pra explicar isso? Falei: “Ok.. eu sei que tenho braço, pulso, perna finos HAHAHAHA e, na confusão, HAHAHAHA meu relógio deve ter subido e ficou parado até agora. HAHAHAHA Como ele não parava de olhar pro meu relógio, achei que ele tivesse roubado e por isso decidi assaltá-lo com um guarda-chuva HAHAHAHA para reaver minha perda.”

O delegado olhou, olhou, olhou… e caiu na gargalhada: “HAHAHA.. Você é muito burro. Acho que é o primeiro caso que vejo de um “ladrão” ser assaltado pela vítima. HAHAHAHA”. Olhei com cara de pouco caso, mas sorri pra não ser preso, né, hehehe.

Desfeito o mal entendido, devolvi o Rolex ORIGINAL NOVINHO do cara e fiquei com meu Bvlgari 25 de março. Acho que sou o primeiro “assaltante” liberado na história. Quer saber? Depois de hoje, nunca mais vou querer usar relógio de gente grande. Vou pedir pra minha priminha o relógio da Hello Kitty que é mais adaptável ao meu pulso mesmo e BOA!

Anúncios

61 Responses to O dia que quase fiquei com ficha suja na polícia

  1. Kid disse:

    Fato que vc alegrou minha noite de trabalho, embora eu acredite que esta história seja um conto fictício 😀

    Abs

  2. kkkkkkkkkkkkkkkk

    SEU RELÓGIO É TÃO VERDADEIRO QUANTO ESSA HISTÓRIA!!!

  3. Hime disse:

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Chorei de rir ok;

    Pode gay rico e seu rolex >: (não, pena de você eu não tenho kk)

  4. Leandro disse:

    Fictício ou não, continue cara, as histórias são sensacionais, tais como as do Kid (que postou aí por cima).

    Parabéns.

  5. OnE disse:

    kSOAKoskAOSKo
    Adoro suas historias(ficiticias eu axo o.O), são muito criativas flw B!

  6. Haiiro disse:

    ja li igualzinho (resumida e tirando a parte da delegacia) numa história da Tina da turma da mônica.

  7. Leandro disse:

    EOIAHEHAEAIEHAIOEHIAHEIOAEIOHIEOAHIOEAIEAIHEIOAHEIOHEI
    cara, as proezas que só o B consegue
    puta merda
    chorei

    EAEOIHEHAEHIOAEIOAEIOHAEIAHIEOAHIOEHIOEHAIEHIOEHIOE

  8. Nemi disse:

    sempre bate uma duvida se essas histórias que vc conta são verdade . mais são as melhores Fato 😀

  9. Ari disse:

    parabéns
    muito bem contada

    Ari

  10. debs disse:

    raxei muito, não importa se aconteceu ou não (x

  11. nara disse:

    muito bom 🙂

  12. Lu disse:

    ,EU AI SE VC PERDE ESSE RELOGIO Q EU TE DEI, AFF, 25 REAL N SE JOGA FORA HEIN q

  13. Fayez disse:

    Sei não Fayez.

    Os dois trocando os redondos na delegacia.

    Soou estranho, eram relógios mesmo?

    Você e um pseudo-homem, um original e o outro falsificado.

    SEJE MACHO POR..!!!

  14. Patrícia disse:

    acho que invés de rir eu ia começar a chorar afff -desculpa moço me perdoa pofavo seu delegado não chama minha mãe pofavo te suplico

  15. Ainstem disse:

    ow, como que você faz pra n dar pra selecionar o texto?? eu tenho mania de ficar lendio e selecionando, lendo e selecionando, AAAAAAAH que nervoso q deu pra ler o seu shuahushuashu pelo menos tah muito bom =PP

    aah! por favor me amnda a resposta por email ainstem123@yahoo.com.br

    vlw velho

  16. Não foi tão boa quanto a da bosta intalada ou o pintocoptero. Mas foi legalzinha… e duvido que seja fictícia… aposto que no onibus teu relogio subiu e ficou preso dae tu pensou que tinham roubado mas tu não fez nada e depois o relogio apareceu. Dae tu deu o tom dramático e pimba +1 milhão de acessos no teletube. E merecido.

  17. marina disse:

    Malz, B!, mas também li na história da Turma da Mônica, há alguns anos atrás RS

  18. HAHAHHAHAHAHAHAAHA, vey, eu penso o que um passageiro do ônibus pensou na cena em que você chega de mansinho encostando guarda-chuvinha nas costelas do gayzinho e dando aquela cara de malícia pra ninguém perceber. OMFD
    Ótimo texto, vou linkar no meu blog. HAHAHAHAHA

  19. Diego disse:

    Mas tu não eah maringaense? :s

  20. Gi disse:

    ahahah. nunca deixei um comentario aqui,porque sei la. mas meu deus eu fico de plantao total nesse seu site,porque por exemplo. (E essa é verdade) eu a 5 minutos atras tava xorando em minha humilde cama porque briguei com a bosta do meu namorado.agora eu to rindo por sua causa,obrigada,serio. =)

    Ah,e por favor.nao ria do meu email que ta ai.Eu era novinha quando fiz, e nao tomei vergonha na cara pra fazer outro ate agora.beijao.!

  21. Gi disse:

    ah,e o que eu disse do namorado é verdade e meus olhos tao inxados e ardendo!
    vc faz muita bosta pelo que vejo aqui,mas fez um ato grandioso hoje de conseguir me tirar um sorriso!

  22. Jacke disse:

    Putz, viciei já…
    spksolspksolspks fico imaginando as cenas, veey, eu racho, e depois saio contando pro povo essas histórias ;D
    mto boom, mto boom 😀

  23. chucky noris disse:

    voce deveria serpreso kd a justiça desse pais????????????????????

  24. Gabriel disse:

    UHASUAHSasuhashuAUHAHUASHUS
    a ta bom! o cara era gay, ok.. até pode ser
    mas se ele tinha um ROLEX por que ele andava de BUS?
    ahuasuhasuhAUHASAHSUasuhasuhuh isso sim é falcatrua!

  25. Gabriel disse:

    UHASUAHSasuhashuAUHAHUASHUS
    a ta bom! o cara era gay, ok.. até pode ser
    mas se ele tinha um ROLEX por que ele andava de BUS?
    dando sopa com o rolex!
    ahuasuhasuhAUHASAHSUasuhasuhuh
    FAIL
    bom..acredito não ser real..
    .. mas se fosse comigo e eu postase isso no blog
    e ninguem acreditasse, eu ficaria realmente triste
    e indignado! :/

  26. Gabriel disse:

    postei 2 vezes :/ mals ai ..
    apaga depois 😀

  27. Nathacha disse:

    Um gay e seu rolex original dentro do ônibus lotado!!!
    Só o B! pra criar umas histórias dessas!!!
    Mas q eu ri, isso eu ri!!!!
    Huahauhauhauahuahua

  28. daaannniii disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkk’
    muito boa!
    vc devia criar um livro de crônicas.! ;D

  29. charlotte disse:

    aiaiai q funny kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk esta mensagem foi enviada através do celular htc

  30. fantas disse:

    isso nao é apenas uma história é uma estória de um fato veridico q aconteceu realmente (nuh, apelei agora (H))

  31. MaoeSilvio. disse:

    ASDASHDOIASHDOIHASOIDHAIOSHDOIASHIDOAHSIODHAISODHIASHDIOASHDPOASHPODHASPODHOAPSDHOPASDHIASDIOASDIASIODASIDASIDAISODIOASDHIOASHDIOASHIODHASIODHIOASDHIOASHDIOASHIDOHASIODHIOASHDIOAHSIODHASIODHIASHDIASHDIOAHSIODHAOISHDOIASHDIOASHIODHAIOSDHIOASHDOIASHIODHASOIDPOASDOPAJSPD9WQH9EWHQ9IOAHDIAHSDOIHAOD
    NUNCA RI TANTO NA VIDA -DIK.

  32. neoalmeida disse:

    bixo, tuas estórias são show, ela sendo verdadeira ou não, passa a ser verdade se você acredita nela . . .
    showw

  33. sarahmisturini disse:

    boa Estória.

  34. Thiago Mequi disse:

    HEuHEuHEUhUEhUEhUEhuEHuHE

    Soh o B! mesmo pra fazer uma coisa dessas! UHEuhEHuHEuH

    Jah fui encarado por caras alegres no ônibus, mas nenhum tentou me “roubar” o relógio, msm pq não uso!

    UHEhuEhUEHUh

    ¬¬

  35. Renata disse:

    Vou falar p vc uahauhaauhau raxei,continue assim,mas ve se aperta a pulseira do relógio kkkkkkkkkkkkk

  36. Débora disse:

    BRUNO, AMO VOCE, VAMOS FAZER LOUCURAS NA WEB E … não. Ri demais, continue assim, hehe, kisses

  37. Beto disse:

    Ri cashas dagua ashuashusau (apesar de acho q seja ficticia)

  38. PolianaD disse:

    estória, estória, estória…

    ~
    engraçadiiinha’

  39. Luiza disse:

    Que menino hilário! Bom escritor, leitura gostosa, engraçada, parabéns, guri.

  40. Bel disse:

    Eu li uma historinha da “Tina” da Turma da Mônica quase idêntica uma vez hehehe.. Só que a tina não foi presa.. 🙂

  41. yo disse:

    AISOHASHOIASIHOHOS devia ter corrido!

  42. Rodolfo disse:

    o cara tem um rolex original e anda de onibus?
    sahuusuhasuhauh
    mas foi boa a história

  43. oiq disse:

    Adoro sua imaginação, hehehehe. OIE

  44. Hy disse:

    Como se fala “Bvlgari”? .-.

  45. Lohana Garcia disse:

    Nossa, ficuticio ou nao, estou pocando de rir.. muito boa a historia..
    abraços..

  46. Lucas disse:

    uahsuhauhsuahuhauahuhahua

    vou ter mais cuidado com os viados ladrões de relegios a partir de hj

  47. paola ramalho disse:

    karaca bísaro essa sua historia ai, poxa se for verdade tadinho do Pedro, sem noção vc é muito bommmm….

  48. misael, rachou'ubico disse:

    shushaushahsahusahusahusauhsauhsahusauhsauhsauhsausauhuasuashaushasuhsauhaushusahuasusahhusauhsahusauhsauhasuhashuasuhuashuhsauhsauhsahusauhsauhuhuhssauhsahusahuesauesaueeuseuseyuyu

    putz, q mentira, o gay tinha dinheiro pra comprar rolex original e mesmo assim andava de busão?

    hahahahahahahahhaha

    é mintira, mais vc tem uma imaginação do
    $#%$%¨$%¨*@¨*@%¨*@ parabens

  49. Eliana disse:

    hauahauahua…

    Hilário!!!

    mtO bom msm

    kkkk

  50. Maíra disse:

    Tem uma historinha da Tina (amiga da Pipa, do Rolo e do Zecão) igual a essa
    hahahhahahaha

  51. Rita disse:

    véiii… escreva um livroo!!! Tu eh mto bom…
    eu compro!!

  52. gisele disse:

    Ámei suas Histórias , vc narra elas com uma convicçaõ boa bjs Gy

  53. Ju Lee disse:

    Putz.. fiquei muito decepcionada quando li nos comentários dizendo que leram essa estória na Turma da Mônica! 😦
    Todas devem ser invenção, então! 😦

    E eu aqui te idolatrando porque tu tinha uma capacidade maravilhosa de escrever fatos e deixar tragédias muito, mas muito engraçada…
    Saber que é falso, entristeceu meu dia! 😦

    Que pelo menos deixe ali no “Esclarecimento” que são fictícias! ;(

  54. j disse:

    hahahahahahahahahahaha ainda tem burro que acredita nas histórias. sério, esse blog é engraçado coisa e tal, mas mais engraçado que teu blog é a ignorância do povo em geral. não me surpreende o fato de a maioria acreditar em deus, jesus, diabo e sei lá quem mais. parabéns pelo seu blog e sua habilidade de persuasão (mesmo que virtualmente).

  55. biia disse:

    UASUAHSUAHSUAHSUASUAHSUAHS…EU HASHEEEY C ESA HISTORIA….ASSALTAR C GUARDA CHUVA ÉR FODAUM…UDHAUSHAUSH[AFE POVO…ÉR CLARO Q É FCTICIA A HISTORIA…. :S ¬¬]

  56. Victor disse:

    kkk mijei d ri aki kkk

  57. Caio disse:

    Caraai B! só tu mesmo, que histórias vc tem, tenhu um blog onde conto umas histórias minhas e uma prima me falou do seu blog e eu ri horrores lendo seus posts!
    abçs!

  58. Rodrigo Coringa disse:

    HAHAHA VELHO QUE FODA !

    ri demais !

    puta merdaa em!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: